domingo, 30 de janeiro de 2011

coisas que eu já aprendi.

Aprendi sobre a vida e sobre amizades... Aprendi um pouco sobre amor e sobre mim.
Aprendi a dividir, aprendi a convidar aunque tenga poco...
Aprendi a criticar com fundamento.
Aprendi que não importa que esteja mal vestida, despeinada ou fora do padrão... sempre vai haver alguém sincero que vai gostar de você.
Aprendi que boas amizades se conservam a distância.
Aprendi que o que para mim é pouco, para outros pode ser o mundo – e o inverso também é verdadeiro.
Aprendi que embora imperfeito, um é único e insubstituível.
Aprendi que estar com as pessoas que você ama, talvez seja melhor do que ganhar muito dinheiro e estar em um lugar onde não existe monotonia.
Aprendi que a monotonia te faz bem e te acerca às pessoas.
Aprendi que na vida você pode fazer TUDO o que você quiser, mas sempre terás a tua consciência para te fazer lembrar de TUDO.
Aprendi que existem muitas pessoas interesseiras, superficiais e materialistas e que jamais quero me tornar uma delas.
Aprendi algo.

Karen Villanova

sábado, 8 de janeiro de 2011

old school

[esclarecendo] Que esse não seja um blog/diário, tampouco um lugar de lamentações.. já basta o muro lá em Jerusalém - ah, e o twitter de alguns. [/esclarecendo]

Andei pensando sobre idades e coisas do gênero... Tenho 26 anos, a sociedade me chama de adulta. Quando faço compras algumas vezes me chamam de "senhora" e outras me chamam de "menina". A sociedade é estranha e confusa, sabe... Etiqueta pessoas. Rico, pobre. Bonito, feio. Magro, gordo. #1, loser. Saudável, junkie. Coca-cola, Pepsi? Com licença se não quero um sticker na minha testa dizendo quem devo ser. Tu queres?

Existem umas pseudoregras que dizem que eu já deveria ter muita coisa que não tenho mas não mencionam a maioria das coisas que já tenho há muito tempo e nem sinal daquelas que eu ainda quero ter. Acontece contigo?

E a idade para cada coisa? Obvio que não curto a idéia de uma adolescencia woodstock aos 30, muito menos ver um menino de 12 anos trabalhando como um pai de família. Contudo, o que é a idade certa para cada coisa? O que é estar velho demais para alguma coisa?

Com quantos anos tu ficas velho?
Tem como nunca ficar velho? Hugh Hefner tá aí pra mostrar que isso talvez seja possível.
Existe a possibilidade de ser um velho com menos de 70 anos?
O que é ser velho? O que é estar velho? Quem é velho pra ti?

Amigo dicionário...

velho (ve-lho)
adj.
Que tem idade avançada; idoso: homem velho.
Que existe há muito tempo; antigo: uma velha rixa.
Que é antigo numa profissão, função ou posição: um velho professor; um velho amigo.
Que é desusado, ou gasto pelo uso: idéias velhas; slapatos velhos.
Aquilo que é velho: o velho opõe-se ao novo.

E quem define o que é "muito tempo"? Para uma senhora de 80 anos, "muito tempo" pode ser 60 anos. Entretanto para um garoto de 4 anos, 1 dia já é bastaaaante tempo.

E quem - ou o quê - define o que está gasto? O "vintage" não é desusado? E como é moderno agora? Então, como o velho opõe-se ao novo? Confuso.

Conclusão?

Velho não significa experiente. Velho não é ruim. Eu não estou velha e, pelos meus cálculos, se você está lendo um blog, você tampouco está velho ou agindo como um. Talvez um pouco fora de moda, só. Mas não totalmente em desuso.

E a sociedade? Deixa ela aí, etiquetando e envelhecendo...